Educação - 19 Fev 2018 16:51

Unochapecó amplia espaços de convivência para estudantes

Por: Nathan Favero Varela
 

Há quem diga que o ano só inicia depois do Carnaval, mas na Unochapecó 2018 começou em dezembro do ano passado, quando iniciaram as reformas na estrutura do campus. A partir desta segunda-feira (19/02), os estudantes que chegarem para iniciar mais um semestre vão se deparar com algumas mudanças, pensadas exclusivamente na ampliação dos espaços de convivência da Universidade.

Conforme a diretora de Logística, Projetos e Obras da Unochapecó, professora Paula Batistello, a ideia é ampliar os espaços da Universidade, tornando as áreas verdes mais aconchegantes aos estudantes, para que possam usá-las de uma forma mais produtiva. “Muitos alunos e funcionários passam o dia na Unochapecó e precisam de mais lugares para descansar e estudar ao ar livre”, comenta. Por esse motivo, os espaços receberam pavimentação. Engana-se, porém, quem pensa que as áreas verdes foram esquecidas. As árvores e os canteiros foram incorporados ao novo espaço.

Paula conta que teve o acompanhamento de engenheiros, agrônomo e ambiental. Algumas árvores, como o Guapuruvu, foram retiradas, por oferecer risco às pessoas, conforme instrução normativa nº 26 da Sedema. É recomendado que a espécie não seja plantada em um local com grande circulação de pessoas.

Todo o mobiliário utilizado nas áreas de convivência, como mesas e bancos, também serão novos. Os bancos possuirão tomadas, para que o estudante possa carregar seu celular ou computador. Aliada a essa novidade, para esse ano a Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) também está ampliando o alcance da rede wi-fi da Universidade. E essas são apenas algumas das mudanças que fazem parte de um projeto intitulado Smart Campus, que prevê espaços mais integrados, conectados e inteligentes dentro da Universidade.

O objetivo é finalizar a primeira parte do novo projeto de paisagismo da Unochapecó no mês de março. Porém, com a instabilidade do tempo em Chapecó nos meses de janeiro e fevereiro, cabe a São Pedro a decisão final.

Campus de cara nova

Um espaço próximo à biblioteca também está passando por mudanças. O local será uma boa opção para quem quiser ler ao ar livre. Já entre os blocos C e D será criada uma praça de alimentação. O local será todo envidraçado e as portas terão abertura no verão, proporcionando um ambiente agradável e fresco.

Os projetos que estavam em andamento no ano passado também continuam a todo vapor. O Bloco R4 será finalizado e passará a contar com dois elevadores, garantindo a acessibilidade também ao bloco R3. Já o novo Salão Nobre da Universidade, também localizado no R4, estará pronto em abril. O espaço terá capacidade para 500 pessoas.

Entre os blocos R3 e A será criada uma escada, facilitando o acesso ao campus. Também no R3, foi instalado no auditório 2 um púlpito acessível para cadeirantes. Aos estudantes que estudam no Bloco S, foi dada a largada às obras para a cobertura que dá acesso ao bloco, ligando o K2 ao S. Além disso, o processo de climatização das salas de aula já foi iniciado, em março veremos movimentações.

 

Para os leitores

A livraria universitária também tem novidades. O espaço passa por uma readequação, visando proporcionar um ambiente mais aconchegante para o público. “O nosso foco é melhorar a experiência do consumidor enquanto ele está dentro da Livraria. Proporcionar espaços mais limpos que valorizem os produtos e o ambiente, além de permitir uma convivência e uma interação maior do cliente com o local”, comenta o responsável pela livraria, Jonatas de Oliveira.

Assim como em 2017, o projeto é disponibilizar algumas atividades culturais no local. “O objetivo é fazer com o que o estudante não venha somente com o intuito de compra, mas para curtir o espaço, trocar uma ideia com os colegas”.

 

De olho na segurança

Pensando na segurança de seus estudantes e funcionários, Paula explica que serão instaladas 80 câmeras de vigilância na Unochapecó. A medida foi adotada depois de realizada uma pesquisa junto à comunidade acadêmica, que apontou a necessidade de maior controle na segurança da Universidade. “Nenhum ponto cego será deixado de fora, para que o aluno se sinta seguro no campus”. As câmeras passam a monitorar o campus a partir de 1º de março.

Aliado às câmeras, a frente do campus recebeu um novo passeio público, para que o fechamento frontal possa ser executado e assim o controle de acesso de veículos e pessoas seja maior. Também serão colocadas cancelas na entrada do estacionamento dos funcionários. A entrada dos veículos será controlada por meio de um crachá de identificação.

 

Em São Lourenço do Oeste

O campus de São Lourenço do Oeste também está recebendo melhorias. Uma nova identificação no acesso principal está sendo adotada, assim como o fechamento de fundos, para barrar o vento. A cantina também está sendo reformulada para que os acadêmicos sintam-se mais acolhidos.


*Estagiária, sob a supervisão de Greici Audibert.

Foto: Unochapecó


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar