Trabalho - 09 Ago 2017 16:51

Programa Trabalho e Cidadania traz oportunidades aos chapecoenses

Por: Nathan Favero Varela
 

– O Programa de Capacitação Profissional Trabalho e Cidadania foi criado em Chapecó no ano de 2012. É um programa que visa proporcionar ocupação, qualificação profissional e inserção no mercado de trabalho para trabalhadores a partir dos 16 anos. É mantido pela Prefeitura e tem como missão combater a extrema pobreza através da promoção da integração ao mercado de trabalho. Nestes 07 anos de atividade, o programa já admitiu 601 pessoas e destas 194 foram incluídas no mercado de trabalho. Nesta quarta-feira (09), equipes da Secretaria de Assistência Social apresentaram um balanço do programa.

De acordo com a psicóloga Daiane Correia Cavalli, o programa é direcionado para usuários do Sistema de Assistência Social, pertencentes ao Cadastro Único e em situação de vulnerabilidade e risco social, encaminhados para o programa através do CRAS – Centro de Referência de Assistência Social e CREAS – Centro de Referência Especializado em Assistência Social. Os participantes do programa recebem cursos de capacitação e preparatórios ao mercado de trabalho, além de bolsa no valor de 70% (setenta por cento) do salário mínimo nacional mais vale transporte. Os benefícios podem permanecer das atividades durante um ano, podendo renovar por igual período.

Sirlene Scherer, assistente administrava, uma das responsáveis pelo programa, explica que alguns critérios são observados para entrar no programa, entre eles, situação de desemprego igual ou superior a 6 (seis) meses, desde que não seja beneficiário de seguro-desemprego ou qualquer outro programa assistencial equivalente; residência no município, no mínimo pelo período de (dois) anos; apenas 1 (um) beneficiário por núcleo familiar. Os critérios para permanecer no programa são realizar 24 horas de trabalho semanal e participar dos grupo socioeducativos, para receber conhecimento e acompanhamento preparatório ao mercado de trabalho. Além disso, é necessário estudar e comprovar a frequência escolar. 

Anderson Gabriel Andreis Gaspar foi bolsista no programa e hoje está no mercado forma de trabalho. Para ele participar do programa foi uma experiência especial que trouxe muitas oportunidades, entre elas, o encaminhamento ao mercado de trabalho. “Hoje eu tenho segurança, um trabalho bom, carteira assinada, consigo com a minha renda ajudar em casa e comprar minhas coisas’, comentou. Cleivair Jonathan Gonçalves Trisch também participou do programa e comentou que as dicas, orientações e cursos que recebeu foram essenciais para conseguir um trabalho. “Aprendemos desde a postura para participar de um entrevista de emprego até a como respeitar e conviver com as pessoas”, explicou.

Maria Loreci de Jesus destacou que participar do programa mudou a vida dela, pois não conseguia trabalho e tinha dificuldade para manter a casa. “O dinheiro que recebo ajuda a manter a casa e pagar as contas. Hoje tenho mais caráter, mais valor e sou bem vista na sociedade”, comemorou. Sebastiana de Oliveira mora com os filhos e antes do programa sofria de depressão. “O programa foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida, espero que ele consiga ajudar muitas outras pessoas”, enfatizou.

O prefeito de Chapecó Luciano Buligon destacou a importância desse programa, especialmente porque ele é dedicado as pessoas e muda a vida delas. “Investir em um programa como esse é importante pois você melhora a vida das pessoas, constrói histórias e traz oportunidades. Quando você restaura e muda a vida de uma pessoa, não é só a vida dela que você atinge, mas sim todas as pessoas que estão perto e convivem com ela”, comentou.

Para participar do programa é necessário procurar o CRAS ou CREAS do território da pessoa com os documentos pessoais. Mais informações na Secretária de Assistência Social através do telefone (49) 3319-1200 ou pelo e-mail trabalhoecidadania@chapeco.sc.gov.br


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar