Saúde - 14 Dez 2017 14:12

Hospital Unimed Chapecó conquista selo máximo da Acreditação Hospitalar

Por: Nathan Favero Varela
 

Excelência! Isto é o que atesta selo de Acreditação Hospitalar nível 3 conferido recentemente ao Hospital Unimed Chapecó pela Organização Nacional de Acreditação (ONA). O órgão é responsável por promover a implantação de um processo permanente de avaliação e de certificação da qualidade dos serviços de saúde.

O diretor técnico do hospital e coordenador médico do Núcleo de Segurança Assistencial e Qualidade em Saúde (NSA/NQS), Dr. Edson Stakonski, explica que a excelência do nível 3 é a garantia de que os resultados das boas práticas assistenciais (processos, linhas de cuidado e dos protocolos) estão difundidos na organização desde a liderança até a operação.

As equipes que estão imediatamente ao lado do paciente nos atendimentos, assistência e também as que exercem suas atividades de forma indireta nos setores de apoio entendem por meio destes resultados a sua contribuição para a estratégia da cooperativa médica. “Ainda importante ressaltar que o nível 3 requer também segurança do paciente e que a interação entre os setores esteja adequadamente sólida na da Unimed Chapecó, destaca o presidente da Unimed Chapecó, Dr. José Pegoraro Foresti.

Para a diretora hospitalar da Unimed Chapecó, Dra. Carolina Cipriani Ponzi, a conquista da Acreditação ONA Nível 3 coroa os esforços iniciados em 2009, na gestão do então presidente Dr. Luiz Roberto Dalla Costa e do diretor hospitalar Dr. Arno Hepp. Segundo ela, as gestões subsequentes, do presidente Dr. Geraldo Antunes Córdova, do diretor hospitalar Dr. Rovani José Rinaldi Camargo e do Dr. José Pegoraro Foresti, mantiveram o entendimento de que segurança, qualidade e excelência em gestão são fundamentais para a sustentabilidade da cooperativa.

“Um hospital onde todas as boas práticas de segurança são atendidas, onde o fluxo de processos permite constância e fluidez no atendimento ao paciente, e onde cada indivíduo envolvido direta ou indiretamente com a assistência entende o seu papel nesta cadeia faz com que o Hospital Unimed Chapecó seja uma referência nacional dentro do Sistema Unimed”, conclui Dra. Carolina.

A conquista do nível 3, segundo a coordenadora de Enfermagem e do Núcleo de Segurança Assistencial e Qualidade em Saúde (NSA/NQS), Michele de Col Borsoi, representa a certeza de que a instituição atua de forma transparente e madura em relação à assistência ao paciente e sempre buscará melhorias frente aos problemas e resultados encontrados. “Obter esta certificação não quer dizer que não teremos mais situações adversas a serem gerenciadas, mas sim, sempre buscar a melhoria frente a tais adversidades. E ainda, a garantia de que os princípios da instituição estão permeados desde a liderança até a operação”, salienta Michele.

Dr. Stakonski lembra que as atividades para alcançar este resultado iniciaram em 2009 quando a diretoria lançou o pleito dentro da cooperativa. Desde então, muitas ações foram executadas para que o nível 1 (Segurança do Paciente), fosse consolidado na prática diária das unidades assistenciais pelos diversos profissionais que assistem ao paciente através da implantação de protocolos clínicos e de prevenção de danos.

Em 2013 outra importante ação foi realizada na certificação do nível 2 (Interação entre processos) através do desenho das atividades de cada setor e da construção das linhas de cuidado com a definição clara do resultado a ser entregue por cada setor e também dos acordos tempo dependentes que os setores de apoio precisam apresentar para que a gestão da clínica pudesse ser mensurada. 

Por fim, para que o nível 3 fosse alcançado com plenitude, o planejamento estratégico do hospital foi revisado e os resultados mensurados pelas unidades assistenciais e de apoio (no nível 2) se integraram a este planejamento dentro da perspectiva processos, passando por análises críticas mensais com definição de planos de melhoria.

ACREDITAÇÃO INTERNACIONAL

No dia 5 de dezembro de 2017 ocorreu o start no processo de Acreditação Internacional. A instituição passará por aproximadamente 2 anos de preparação para então receber a visita de certificação da Acreditação Internacional Canadense (Qmentum International). Nesse período serão trabalhadas as ROPS – Práticas Organizacionais Obrigatórias focadas em seis grandes áreas que se preocupam com a segurança do paciente, da equipe multiprofissional e da instituição:

- Cultura de segurança: se preocupa em criar e consolidar uma cultura de segurança na instituição;
- Comunicação: Aperfeiçoar a eficácia e a coordenação da comunicação entre os profissionais;
-  Uso de medicamentos: garantir o uso seguro de medicações;
-  Força de trabalho: Criar um ambiente que contribua para a prestação segura do atendimento;
- Prevenção de infecção: Reduzir o risco de infecções associadas ao atendimento da saúde e seu impacto nos desfechos;
-  Avaliação de risco: Identificar os riscos de cada paciente.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar