Saúde - 17 Abr 2017 20:42

Iniciada a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza

Mais de 60 mil chapecoenses serão imunizados
Por: Sandra Ambrosio
 
Iniciada a Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza A campanha já movimentou os postos nesta segunda-feira (Foto: PMC)

O primeiro dia da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza foi movimentado em Chapecó. Rosalino Pedersetti há 19 anos é membro do Conselho de Saúde do bairro Saic e mesmo não podendo tomar a vacina, pois é alérgico ao ovo, prestigiou o primeiro dia da vacina. “Eu tomo a vacina especial para os alérgicos, mas é importante estar presente e acompanhar as ações que acontecem na comunidade”, destacou. Já o idoso Paulo Putzel aproveitou para fazer a vacina já no primeiro dia da campanha, pois está com viagem programada e buscou a prevenção. “Quero viajar prevenido pois a vacina é importante para evitar a doença”, esclareceu. A professora Tania Regina Rosa aproveitou que levou a irmã para as consultas de rotina e já realizou a vacina. Neste ano a novidade foi à ampliação da vacina também para os professores. “É importante a vacina para os professores pois estamos diariamente em contato com diversos públicos, precisamos estar prevenidos”, enfatizou. Autoridades acompanharam o inicio da campanha de vacinação em Chapecó. Entre elas, o prefeito Luciano Buligon, o vice prefeito Elio Cella e o Secretário de Saúde Nédio Conci.

A campanha

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza vai até 26 de maio. O Dia D será dia 13 de maio. Até o dia 21 de abril a vacina estará disponível apenas para os indivíduos com 60 anos ou mais e para os portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais. Para os demais públicos, a campanha iniciará no dia 24 de abril. Importante levar a carteira de vacina, cartão nacional do SUS e documento de identificação.

De acordo com a enfermeira e coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Chapecó, Karina Giachini, o público alvo da campanha são os idosos, gestantes, puérperas até 45 dias após o parto, crianças de 06 meses a menores de 05 anos, profissionais de saúde, adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medida socioeducativa, portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, população indígena, funcionários do sistema prisional e professores das escolas públicas e privadas. A vacina será oferecida somente nos 26 Centros de Saúde da Família, para garantir qualidade no atendimento ao público.
Além disso, para registrar as doses no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização. Outro objetivo, segundo Karina, é que a população possa atualizar o esquema vacinal. “Além da vacina da Influenza será intensificada a vacina contra o tétano, mas todo o calendário vacinal poderá ser atualizado”, comentou. Importante, segundo ela, levar até o posto de saúde, a carteira de vacina, para verificar a situação vacinal e colocar todo o esquema vacinal em dia. Karina destaca que quem não tiver ou perdeu a carteira de vacina, também deve procurar o posto de saúde. É importante também levar o Cartão Nacional do SUS. “Quem não tem, deve levar o comprovante de residência que o cartão é feito na hora”, explicou Karina.

A enfermeira destaca ainda que a meta é vacinar 90% do público alvo que é de 60 mil pessoas em Chapecó. Segundo ela, as orientações à população são de que fiquem atentos aos sintomas: febre alta, dor no corpo, mal estar, tosse, espirro… No geral os sintomas são os mesmos da gripe convencional, porém, mais intensos. Em caso de dúvidas procurar a unidade de saúde mais próxima.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar