Saúde - 30 Jan 2018 10:14

Hospital Unimed Chapecó: um empreendimento pensado para o futuro

Por: Nathan Favero Varela
 

Primeiro do sistema cooperativista na região Sul, o Hospital Unimed Chapecó comemorou 19 anos no mês de dezembro com uma conquista que marcará uma nova fase para a cooperativa médica. A inauguração da primeira fase do novo hospital, que ocorrerá em meados de 2018, aumentará expressivamente seu potencial de atendimento, com um avançado e complexo parque tecnológico e com inovação na estrutura e no modelo de atendimento. Tudo isso aliado à sustentabilidade, um aspecto marcante na cooperativa médica.

O novo Hospital está sendo construído em três etapas. Nessa primeira, o projeto contemplou a construção de aproximadamente 11.000 m2 para estruturar os seguintes setores: pronto-atendimento (média e alta complexidade), Centro de Diagnóstico por Imagem (ressonância magnética, tomografia e radiologia convencional), Ambulatório de Especialidades, Centro de Diagnóstico da Mulher e Medicina Fetal, Centro de Diagnóstico do Coração, Centro Diagnóstico do Aparelho Digestivo, Centro de Diagnóstico Urológico, Centro de Diagnóstico Pulmonar e Medicina do Sono. Também será ampliada a capacidade para internações, com a implantação de unidade com 36 novos leitos.

A segunda fase prevê a construção de mais 2.000 m2 a serem edificados nos próximos anos, onde serão implantadas a entrada principal do hospital (recepção, cadastro/controle e lanchonete) e a Clínica de Oncologia Ambulatorial. Adjunto ao primeiro bloco de expansão e disposta para interligar a nova estrutura com a atual, a iniciativa promoverá melhorias nos fluxos de abastecimento dos novos setores, relacionando os ambientes de apoio (cozinha, farmácia e almoxarifado) com os ambientes assistenciais implantados no primeiro módulo da expansão.

A 3ª etapa prevê a construção de mais 3.400 m2, onde será implantada a Clínica de Medicina Nuclear, o Centro de Diagnósticos Especializados (ampliação dos Centros de Diagnósticos implantados no primeiro módulo), ampliação das unidades de internação e realocação das Unidades de Terapia Intensiva Adulto e Neonatal, e implantação de UTI Pediátrica.

Antes da construção do novo hospital, a estrutura era formada por 86 leitos (10 leitos – UTI adulto e cinco – UTI NEONATAL) com área de 9.000m².

Ao final do processo de expansão, a nova área vai incorporar ao hospital aproximadamente 16.700m2 que somados aos 9.000m2 das edificações atuais, totalizará 25.000m2 de área construída. Com arquitetura imponente, o novo Hospital Unimed Chapecó torna-se referencial contemporâneo na paisagem, em sintonia com a relevância da sua localização – o cruzamento da Rua Barão do Rio Branco com a Rua Porto Alegre, dois eixos ordenadores do centro da cidade.

O presidente da Unimed Chapecó, Dr. José Pegoraro Foresti, salienta que com a concretização do projeto, a Unimed Chapecó cumpre sua missão de buscar inovações para prestar serviço de assistência integral à saúde, com qualidade e segurança, contribuindo para o desenvolvimento sustentável. “Desde que adquirimos o antigo Hospital Santo Antônio (FHASA), priorizamos investimentos em estrutura, no parque tecnológico e na qualificação profissional, tanto que hoje somos reconhecidos no Estado pelos diferenciais e pelos bons resultados que apresentamos”.

A diretora hospitalar Dra. Carolina Cipriani Ponzi lembra que, quando adquiriu a FHASA, há pouco mais de 20 anos, a Unimed Chapecó assumiu com a comunidade o compromisso de crescimento e de melhorias na assistência médico-hospitalar na cidade. “Entendemos que um Hospital vai muito além do cuidado médico, pois presta atendimento a milhares de pessoas em momentos críticos de suas vidas e melhora o cenário de toda uma comunidade ao modificar desfechos”.

Dra. Carolina salienta, ainda, que quando há investimentos em melhorias na área da saúde, especialmente quando é construída ou ampliada uma unidade hospitalar, as possibilidades de assistência à saúde são aperfeiçoadas como um todo. “Isso faz com que a cidade tenha melhores indicadores - inclusive no cenário econômico, através da geração de empregos diretos e indiretos, e também na área técnica e científica”.

A Unimed Chapecó investe desde 1996 nestas melhorias, e a ampliação do hospital coroa um esforço conjunto de pessoas que acreditaram que o cooperativismo era a melhor maneira de oferecer este crescimento na área. “Estamos trazendo para Chapecó o que há de mais moderno em termos de estrutura hospitalar e de equipamentos médicos, e a ampliação do número de leitos e da capacidade de atendimento do pronto-atendimento e de diagnóstico por imagem permitirão um crescimento ainda mais expressivo para a nossa Unimed e para a nossa Chapecó”.

A diretora hospitalar reforça que será entregue à comunidade, ainda no primeiro semestre de 2018, um hospital moderno, com tecnologias avançadas, ainda mais humanizado e sustentável. “A implantação do novo sistema de gestão e o prontuário eletrônico MV Soul, em outubro de 2017, também são aspectos que permitem maior agilidade no atendimento aos nossos clientes. Além disso, as recentes acreditações máximas do Hospital e da Operadora pela ONA e o início da Acreditação Internacional Canadense vêm ao encontro dos investimentos contínuos em qualidade e segurança que a Unimed Chapecó faz. Isso tudo traz sustentabilidade e perenidade à cooperativa médica e contribui para que Chapecó figure no cenário nacional como uma referência em crescimento e empreendedorismo”, conclui.

Sustentabilidade: uma visão de futuro

Crescer com segurança e garantia de futuro. Pensando dessa forma, aliada à tecnologia e à inovação, a sustentabilidade é um aspecto marcante no novo Hospital. Tudo foi planejado com o objetivo de oferecer atendimento de excelência e preservação do meio ambiente por meio de iniciativas que permitem o uso racional da água, energia e atmosfera.

O engenheiro civil Antonio Schmidt e os membros da equipe técnica da Unimed Chapecó explicam que a nova edificação conta com um sistema fechado para aquecimento de água, com a associação de sistemas a gás e por energia solar. “O aquecimento solar permite que a água seja destinada a um boiler que só acende se a temperatura estiver abaixo do estabelecido. A grande economia ocorre porque o sistema é um circuito fechado que permite a saída de água quente de forma imediata”, observa.

Outra inovação está relacionada à climatização de ambiente, que terá controles independentes para cada espaço e sistema de controle digital. Os cômodos com estrutura em gesso contam com mantas de pet para controle da temperatura ambiente e melhoria acústica. Também há mantas de vinil nos pisos, que evitam que barulhos e ruídos ultrapassem ambientes. Além disso, a composição dos pisos permite economia de água e produtos de limpeza.

As válvulas de descarga dos toaletes terão módulo econômico e haverá torneiras automáticas com controle de vazão em locais de maior circulação das pessoas. Os vidros são insulados e permitem regular a luz de acordo com a iluminação natural, ou seja, durante o dia não será necessário utilizar energia artificial. A energia em led também será utilizada e os quartos de isolamento contarão com um sistema de filtro universal. Dessa forma, o ar que entra será destinado para um sistema sucção que promove a filtragem e sua posterior liberação ao meio ambiente.

Outra novidade é o sistema pneumático que prevê o abastecimento das farmácias satélites. A iniciativa consiste no transporte a vácuo de cápsulas através de um sistema de tubulações com supervisão e gerenciamento de um software, permitindo que os medicamentos sejam enviados pela farmácia e cheguem aos postos de atendimento de forma rápida e eficaz.  Com isso, há melhor controle dos estoques e economia energia em função do menor uso do elevador, já que o profissional não precisará se deslocar de um local a outro, além de agilizar e otimizar o serviço.

Novo Sistema de Gestão Hospitalar

Uma das inovações de 2017 foi novo Sistema de Gestão Hospitalar que iniciou no dia 1º de outubro. A principal novidade é o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) que permite simplificar o armazenamento de dados e facilitar o dia a dia de médicos, equipe de enfermagem e demais profissionais. Agilidade, segurança, redução de perdas e melhoria de resultados financeiros são alguns dos principais resultados do novo sistema. Para que essa solução fosse implementada, colaboradores e cooperados participaram de capacitações, tiveram auxílio de uma equipe de multiplicadores e puderam treinar nos terminais disponibilizados na instituição hospitalar.

O diretor técnico do Hospital Unimed Chapecó, Dr. Edson Stakonski, explica que o Prontuário Eletrônico reúne, em um único local, as informações clínicas e assistenciais de todos os atendimentos dos pacientes. “Dessa forma, permite simplificar o armazenamento de dados, agilizar a rotina dos profissionais e garantir a segurança do paciente. A solução também possibilita a análise estatística dos dados clínicos e garante a legibilidade total das informações”.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar