Educação - 19 Abr 2017 07:02

Dia do livro infantil é comemorado na Rede Municipal de Ensino

Histórias foram atração para os pequenos
Por: Sandra Ambrosio
 
Dia do livro infantil é comemorado na Rede Municipal de Ensino A contação de história foi atração na rede municipal (Foto:PMC)

O Dia do Livro infantil foi marcado por diferentes atividades nas instituições da Rede Municipal de Ensino. Na Escola Básica Municipal Rui Barbosa, Bairro Jardim Itália, atividades abriram a Semana do Livro na unidade educativa. Professores, coordenadores e gestores se engajaram para organizar uma série de ações voltadas para a celebração da data. Para incentivar ainda mais nos alunos o gosto pela leitura, foram entregues Sacolas Literárias, alusivas ao Centenário de Chapecó.
Ttrata-se de uma sacola com livros que a criança leva para ler em casa com a família. “Este é um jeito que encontramos de incentivar nossos alunos a lerem mais”, destaca a professora Maria Salete da Silva. Além disso, teve contação de histórias com a escritora Dinara Tessari, rodas de leituras e apresentações artísticas.  Para entrar mais ainda no clima da imaginação, a área coberta da escola foi toda decorada, com livros e personagens de histórias infantis.

“O aluno precisa de alguma coisa que chame a atenção para que ele goste da leitura. Nesta manhã trouxemos personagens de história no tamanho grande, instigando os alunos a querer ver algo a mais e com isso, consequentemente lerem mais”, finaliza a professora.
No Bairro Santo Antônio, o Ceim Brincar e Aprender também está desenvolvendo ações voltadas à leitura. Contação de histórias para os pequenos da turma do berçário estão sendo desenvolvidas utilizando objetos como instrumento pedagógico.
O objetivo do projeto é despertar nas crianças o gosto pelas histórias e contos infantis, ainda quando bebês. Através do envolvimento das crianças em atividades lúdicas, promovendo assim o seu desenvolvimento integral, a professora explorou com as crianças as cores e também os sons naturais como: bater palmas e o barulho da chuva, por exemplo.

De acordo com a professora de linguagens Jaqueline Frizten, a contação de histórias busca inspirar a fantasia, a imaginação, o lúdico, podendo ser um meio valioso no desenvolvimento das práticas educativas, sendo uma experiência agradável se aplicado de forma atraente às crianças. “Busquei trabalhar de forma lúdica com as crianças para apresentar a eles as cores através da história infantil, um mundo mágico para eles”, explica.


Na Escola Parque Cidadã Leonel de Moura Brizola, no Bairro Bom Pastor, atividades rotineiras estão aproximando as crianças dos livros. As ações levam a biblioteca para dentro da sala de aula e estimula nos pequenos leitores o desenvolvimento de habilidades relacionadas à leitura, interpretação e produção de texto estimulando nos alunos o gosto pela leitura e escrita, ampliando o conhecimento linguístico e cultural.  Para a Secretária de Educação, Sandra Galera, “O aluno precisa de alguma coisa que chame a atenção para que ele goste da leitura. Ler para uma criança desperta um mundo cheio de encantamento e estimular o gosto pela leitura é fundamental para o desenvolvimento integral dos estudantes”, enfatiza.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar