Trabalho - 04 Dez 2017 13:58

Curso de Engenharia da Unochapecó completa 20 anos de contribuição com o desenvolvimento regional

Por: Nathan Favero Varela
 

Se olharmos ao nosso redor podemos visualizar, por todos os lados, o trabalho de um engenheiro civil. Fundamental para o desenvolvimento, ele tem um papel cada vez mais importante para a sociedade. Na Unochapecó, mais de 600 profissionais já se formaram no curso de Engenharia Civil, que este ano completa 20 anos. São duas décadas de um trabalho comprometido, que vem rendendo bons frutos para o crescimento da região.

No início da década de 90, no entanto, cursar Engenharia Civil era algo mais distante para o Oeste catarinense. Afinal, apenas grandes centros e capitais é que ofertavam a graduação. Foi somente a partir de 1995 que essa realidade passa a tomar um rumo diferente. Uma pesquisa nas escolas de Chapecó e região mostrou que a demanda para a área era grande, o que possibilitaria a implantação de um curso em terras chapecoenses. Depois de muito estudo, enfim, em 1997 o sonho se concretizou. Surge na Unochapecó um curso extremamente importante e que ganhou força ano a ano.

Segundo relato dos professores Plinio Seidler, Silvio Edmundo Pilz e Marcelo Fabiano Costella, os desafios foram muitos. “No início, o desafio era de formar o corpo docente, manter o quadro dos professores e, durante todo o tempo, primar pela qualidade do curso e adequar o projeto às necessidades da atualidade e do futuro da Engenharia Civil”. Entre as conquistas, é possível mencionar a união forte do corpo docente, a criação de laboratórios modelo para o curso e para a prestação de serviços na região e o crescimento e a qualificação da área a nível regional. A possibilidade de manter o estudante em suas localidades também é uma grande conquista, já que, com a oferta do curso na cidade, não é mais necessário se deslocar para estudar.

Uma paixão chamada Engenharia Civil

De acordo com a coordenação do curso, onde estão à frente os professores Mário Gilsone Ritter e Cesar Augusto Seidler, a grande característica da graduação na Unochapecó é a oferta de um ensino de qualidade, com atualização constante de metodologia. Além disso, a estrutura disponível para o curso está sempre em expansão, atualização e consolidação de acordo com as diretrizes do Ministério da Educação (MEC), as necessidades da profissão e as novas tecnologias. “A principal preocupação é formar um engenheiro técnico, mas também com visão cidadã, com uma consciência com o meio ambiente e seu papel na sociedade, pra ver o que ele pode melhorar”, comenta Mário.

Entre os diferenciais do curso está o seu corpo docente. A professora Marieli Biondo Lopes é uma das professoras e relata que nasceu para ser engenheira. A profissão, para ela, é extremamente importante para a comunidade. “Não tem como pensar na sociedade sem a engenharia. Pontes, viadutos, estradas, casas financiadas por programas sociais, edificações, por exemplo, tudo isso tem a participação de um engenheiro. A engenharia faz parte da sociedade”. O acadêmico Tainã Casagrande tem a mesma opinião. Ele relata que optou por Engenharia Civil justamente pelo curso possibilitar ao estudante aplicar aquilo que gosta na melhoria da sociedade. “O papel da engenharia é muito importante, o próprio nome diz. Civil, vem de civilização, e é isso que eu busco, aplicar aquilo que gosto na sociedade para melhorá-la”.

*Jornalista do Núcleo de Produção de Conteúdo (NPC) - Unochapecó
Fotos: Unochapecó


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar