Comunidade, Efapi - 07 Out 2017 09:23

Começou oficialmente a 20ª edição da EFAPI, em Chapecó

Por: Direto da Redação TSC
 
Começou oficialmente a 20ª edição da EFAPI, em Chapecó (Foto: MB Comunicação)

Uma cerimônia marcada pelo otimismo e por homenagens marcou nesta sexta-feira (6) a abertura oficial da vigésima edição da Exposição-Feira Agropecuária Industrial e Comercial de Chapecó (Efapi). A solenidade reuniu autoridades políticas, como o governador do Estado, João Raimundo Colombo,  o ministro da Saúde Ricardo Barros,  o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon,  o presidente da Feira, Josias Mascarello, o vice-presidente Elio Cella e o coordenador geral Marcio Ernani Sander, além de entidades empresariais e lideranças regionais.

O governador Raimundo Colombo reforçou a importância da Efapi no cenário econômico de Santa Catarina.

- É fundamental destacar a força do oeste catarinense. Durante a crise, as lideranças conseguiram proteger empregos e a renda, reduzindo os impactos negativos. Hoje, vivemos um período de retomada do crescimento, construindo um novo cenário e a Efapi coroa esse momento – comenta.

A última edição da Efapi havia sido realizada em 2013. Em 2015, o evento foi cancelado em virtude das dificuldades na economia do País.  A Comissão Central Organizadora preferiu esperar mais dois anos para realizar em 2017, ano do centenário do município e dos 50 anos da feira, a maior Efapi de todos os tempos.

- São 20 edições desse evento, que começou pela coragem e espírito inovador de um grupo de voluntários e se transformou em uma referência para o Estado,  para o Brasil e Países do Mercosul.  Não medimos esforços para proporcionar uma experiência única aos nossos visitantes - afirma o presidente da feira, Josias Mascarello.

Durante 10 dias, o Parque de Exposições Tancredo Neves oferece aos visitantes uma síntese da economia do grande oeste catarinense. Setores como agronegócio, indústria, comércio, serviços, automóveis, tecnologia, informática e móveis estão fortemente representados na Feira, por meio de 400 expositores que mostram aquilo que a região tem de melhor.

A Efapi surgiu em 1967, para marcar os 50 anos de Chapecó. Hoje, é o principal evento dos 100 anos do município.

- Chapecó está em festa. É com muita alegria que damos início a mais uma edição. O parque de exposições nunca esteve tão bonito e tão acessível a todas as famílias. Estamos prontos para fazer uma grade festa - afirmou o prefeito Luciano Buligon.

Uma Comissão Central Organizadora e 20 comissões setoriais formadas por 120 voluntários trabalharam durante seis meses na preparação da feira. Foram criados 3.500 empregos temporários e as obras e serviços adquiridos para a preparação injetaram 13,5 milhões de reais na economia local. O coordenador geral Marcio Ernani Sander destacou o empenho dos voluntários.

- Foram meses de muita dedicação, pensando em cada detalhe, executando melhorias na estrutura do parque. Tudo para garantir que as famílias chapecoenses possam desfrutar do evento com tranquilidade, conforto e segurança - afirma.

Durante a abertura, o ministro da Saúde Ricardo Barros falou sobre a importância da Efapi.

- A feira é uma vitrine, que expõe para o Estado e o País todo o potencial do oeste catarinense – frisa.

A cerimônia teve ainda momentos de emoção e descontração com personagens que fazem parte da história da Efapi. A palhaça Barrica e o Palhaço Chicote participaram da solenidade, trazendo o bolo do centenário de Chapecó. Já o cerimonialista Casemiro Roberto, que esteve presente nas 20 edições da feira e se tornou a voz oficial do evento recebeu das mãos do prefeito e do coordenador geral uma placa em reconhecimento ao trabalho realizado.

Esse ano, a expectativa de negócios gira em torno dos 150 milhões de reais. Mas além do aspecto econômico, a feira também se destaca pelas ações de entretenimento, que a colocam no calendário dos grandes shows nacionais. Nessa edição, 14 atrações subirão ao palco da Arena de Shows, contemplando os mais diversos gêneros musicais. A Efapi 2017 encerra no dia 15 de outubro.


Ingressos
O ingresso-visitante para o parque custa R$ 25,00. Os estudantes pagarão apenas meio ingresso (R$ 12,50), mas devem apresentar documento com fotografia que comprove a condição estudantil. A entrada é gratuita para crianças até 12 anos, pessoas com mais de 60 anos, pessoas com deficiência e seu acompanhante. Idosos devem apresentar documento para comprovação de idade. Além da última sexta-feira, outros dois dias terão acesso de gratuito: segunda-feira (9) e terça-feira (10).

No interior do parque existem três locais exclusivos e diferenciados cujo acesso exige a compra de ingresso adicional: On Stage, Camarote Coletivo Premium e Camarote Box.

As compras on-line podem ser efetuadas no site www.ingressonacional.com.br. (MB Comunicação)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar