Chapecoense - 18 Mai 2017 07:51

Com atuação heroica, Chape vence o Lanús e segue viva na Libertadores

O jogo aconteceu na noite desta quarta-feira
Por: Sandra Ambrosio
 
Com atuação heroica, Chape vence o Lanús e segue viva na Libertadores O jogo foi acirrado e decidido aos 43 minutos (Foto: Dpto Prensa y Difusión Club Lanus)

A Chapecoense entrou em campo no La Fortaleza, na noite desta quarta-feira, para um dos jogos mais importantes da temporada. Diante do Lanús, a equipe alviverde jogou com o objetivo único da vitória, de modo a poder decidir em casa, contra o Zulia, a classificação para as oitavas de final da Conmebol Bridgestone Libertadores 2017. Ciente de que uma derrota seria fatal e um empate dificultaria o avanço à próxima fase, o Verdão se impôs diante do campeão argentino e garantiu uma vitória heróica, colocando em prática a principal característica: a raça

Desde o início da partida o que se viu foi uma Chape nem um pouco acuada diante do adversário - de tradição na competição - utilizando da mesma estratégia que fez a equipe segurar o Corinthians, no último sábado, em plena Arena Itaquera: marcar de forma segura e aproveitar os contra-ataques. Além do controle das ações no meio campo e das investidas ao ataque, a Chape contou com o goleiro Jandrei em noite inspirada. O resultado do desempenho superior veio aos 23, quando Arthur Caike cruzou com precisão para o artilheiro Wellington Paulista marcar de cabeça e abrir o placar.

Com a vitória parcial, a Chape voltou para o segundo tempo com a marcação recuada e bem postada, anulando os espaços da equipe argentina. Com o Lanús tendo que apelar às bolas aéreas, o jogo perdeu em intensidade. Foi após de cobrança de escanteio, inclusive, que o árbitro apontou pênalti para o Lanús, após toque de mão de Wellington Paulista. José Sand foi para a cobrança e igualou o placar, voltando a movimentar a partida. O Verdão não se intimidou e aos 43, Reinaldo cobrou o típico lateral com cara de escanteio, na medida para Luiz Otávio cabecear para o fundo das redes e colocar a Chape, novamente, em vantagem, que se confirmou ao final da partida.

O técnico Vagner Mancini exaltou a atuação da equipe - aguerrido e sabendo jogar fora de casa - e a forma como o time conseguiu neutralizar peças fundamentais do Lanús e chamou a atenção, principalmente, para a ascensão dos desempenhos da Chape. “Fomos desde o começo uma equipe que mostrou que aprendeu muito nos dois jogos diante do Atlético Nacional, mostrou que evoluiu muito em termos técnicos, em termos táticos (...) era importante pra todos nós que hoje fizéssemos um grande jogo e isso foi visto”, afirmou.

O próximo jogo do Verdão é no próximo sábado, na Arena Condá, diante do Palmeiras, em partida válida pela segunda rodada do Brasileirão. Pela Libertadores, o jogo decisivo acontece na próxima terça-feira, também em domínios alviverdes, diante do Zulia, às 19h.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar