Geral - 07 Dez 2018 14:38

Chapecoense e Abravic renovam parceria

Por: Nathan Favero Varela
 

Ainda em 2017, a Associação Chapecoense de Futebol firmou uma parceria com a Abravic (Associação Brasileira da Vítimas do Acidente com a Chapecoense), a fim de auxiliar as famílias das vítimas do acidente aéreo. A parceria, que tinha prazo até dezembro de 2018, foi renovada até 31 de dezembro de 2019, com o acréscimo de R$ 5 mil mensal, com a possibilidade de ser prorrogada.

O contrato assinado entre as partes consiste que o clube auxiliará a Associação com R$ 33,8 mil mensais para a execução e promoção de programas de assistência social aos familiares das vítimas (com ênfase para serviços de saúde), sempre zelando pela boa qualidade e transparência das ações e também dos serviços prestados. No ano anterior o valor era de R$ 28,8 mil.

O acordo foi selado num encontro entre o presidente da Chapecoense, Plinio David De Nes Filho, com o até então presidente da Abravic, Gabriel de Andrade, juntamente com o advogado, Ricardo Porto, que passou a assumir a presidência da Associação. Andrade diz ser grato pelo acolhimento e respaldo dados pela Chapecoense, diretoria da Abravic e familiares envolvidos. 

“Essa experiência que tive foi, sem dúvida nenhuma, uma das mais importantes da minha vida. Nunca vou esquecer do povo de Chapecó e das pessoas que convivi diariamente. Tenho muito gratidão para com toda a diretoria da Abravic, as famílias e a diretoria da Chapecoense, que desde o começo acreditou na necessidade desta assistência social e abraçou o nosso projeto social.”


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar