Geral - 06 Dez 2017 14:49

Centro Empresarial elege diretoria para 2018

Por: Nathan Favero Varela
 

O Centro Empresarial de Chapecó (CEC), em assembleia que reuniu presidentes ou vices das entidades e sindicatos empresariais que o integram, elegeu a diretoria para o mandato de 2018. Foram eleitos para esse período o presidente, vice, secretário e tesoureiro e também hoje uma breve avaliação das ações do ano. Na mesma reunião, as lideranças empresariais que integram o CEC decidiram emitir nota pública em apoio à reforma da Previdência Social que nesta semana está em votação na Câmara dos Deputados.
      Nos quatro cargos houve reeleição. O presidente é Neloir Antônio Tozzo, que é vice-presidente do Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (Sicom), e o vice é Djalma Velho de Azevedo, presidente do Sindicato da Indústria de Material Plástico e Artefatos de Borracha do Oeste Catarinense (Sindiplasc). Como secretário foi reeleito Carlos Roberto Klaus, presidente do Sindicato dos Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Chapecó (Sihrbasc) e como tesoureiro Paulo César Cerutti, presidente do Sindicato da Indústria de Alimentos do Oeste Catarinense (Sindialimentos). O novo mandato irá de 01 de janeiro a 31 de dezembro de 2018.
      Neloir Tozzo (Nico) agradeceu a disposição dos outros três componentes da chapa em continuar por mais uma gestão e destacou o alto nível de participação dos representantes de todas as instituições que fazem parte do Centro. Assinalou que este ano foi embasado em uma série de ações que repercutiram devido à defesa de interesses do setor produtivo e da sociedade regional.
      Para o dirigente, atuar como presidente do CEC representa um “aprendizado que contribui inclusive para a gestão na empresa” e significa conhecer efetivamente a força que o setor produtivo apresenta em Chapecó e no Oeste Catarinense. O empresário salientou que a região conta com setores empresariais de destaque que disputam nacionalmente o mercado em suas categorias econômicas, como é o caso da área eletrometalmecânica, além da agroindustrial.
      Coerente com o dever
      O presidente do CEC citou a importância de conhecer a amplitude do trabalho das empresas locais e da região, para verificar o potencial que apresentam e o significado no mercado e na geração de empregos e novos produtos e serviços. Sobre a nova gestão, Neloir Tozzo reafirmou a intenção de “ser coerente com o dever dentro da sociedade na representação do setor produtivo”.

EXTRA COMUNICA


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar