Geral - 20 Dez 2017 14:11

Câmara pode instalar nesta quarta Comissão para investigar denuncias contra vereadora afastada

Por: Nathan Favero Varela
 

A Câmara de Veradores realiza sessão extraordinária nesta quarta-feira (20) quando instalará a Comissão Processante que investigará possiveis irregularidades, apontadas pelo Ministério Público, cometidas pela veradora eleita Cleidenara Weirich. A CPI foi solicitada por vereadores de oposição.

Nesta quarta a Casa vai apreciar em plenario a aceitação ou não da denuncia do pedido de cassação de Cleidenara Weirich. Se o pedido for admitido, a Comissão Processante se instalará e terá um prazo de 90 dias para dar parecer final. Depois do relatório da Comissão os vereadores se reúnem para votar pela cassação ou não do mandato da Vereadora.

O Procurador da Câmara Luiz Peruzzolo lembra que Cleidenara Weirich não assumiu nenhum dia como vereadora e logo após a posse ela foi afastada. Para a Câmara aceitando-se ou não a denuncia, não haverá qualquer alteração porque a Justiça a impediu de assumir o mandato. Ou seja, mesmo em decisão favorável Cleidenara não assumirá e continua valendo a interpretação da Justiça.

O Presidente da Câmara Valmor Scolari relatou aos demais vereadores na última sessão sobre o rito da sessão desta quarta-feira. Lembrou que se a denuncia não for acatada, o pedido da CPI será arquivado e se ao contrário será definida a presidência, vice e o relator para tocar adiante as investigações.

A Sessão estará aberta ao público até o limite do espaço do legislativo, respeitando-se também vagas para advogados, suplentes, vereadores e pessoal da segurança. Se necessário serão distribuídas senhas. “Lembramos que a sessão é de instalação ou não da comissão. Nada agora relacionado com cassação da vereadora eleita”, reforçou Valmor Scolari.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar