Educação - 07 Mai 2018 15:10

“Caixas mágicas” exploram possibilidades de diversão e aprendizagem

Por: Nathan Favero Varela
 

Quando a criança cresce tenta descobrir o meio que a rodeia, explorando e interagindo de forma lúdica, utilizando o seu corpo. Nessa fase de desenvolvimento tudo é novo para as crianças que possuem grande curiosidade em explorar tudo que está a sua volta, apresentando grande interesse por objetos que estão escondidos como: embrulhos, recipientes, caixas coloridas e de diferentes tamanhos. As caixas viraram carrinho, túnel, tambor, geladeira, fogão e trenzinho para colocar os brinquedos e até mesmo entrar. Este foi o projeto desenvolvido no Centro de Educação Infantil Municipal - Ceim Alegria do Saber do Bairro Efapi com as turmas do maternal da professora Teresinha da Silva Serpa do maternal 4 meses a 2 anos/ Berçário Integral.

De acordo com a professora Teresinha da Silva Serpa o projeto foi desenvolvido a partir da curiosidade das crianças. Quando as caixas de diferentes tamanhos foram levadas para a sala, eles tiveram a liberdade para de manusear as caixas. “A partir do grande interesse que elas demonstraram, senti a necessidade de aprofundar trazendo mais caixas, e construir “brinquedos” para que elas pudessem explorar melhor, estimulando também o conhecimento das cores primárias e a imaginação”, comentou.

A professora enfatiza ainda os vários benefícios na exploração dessas atividades, além da diversão. “Pode ser explorada a motricidade, os sentidos, a coordenação, as noções de espaço, equilíbrio e interação. As atividades iniciaram quando a professora fez um carrinho de caixas para levar as crianças para o lanche. A ideia deu tão certo que todos queriam entrar nelas. Então foram levadas para a sala de aula diversas caixas de diferentes tamanhos para que as crianças manipulassem as mesmas livremente: entrar e sair, abrir e fechar, passar por dentro etc. Depois da exploração do material as crianças pintaram as mesmas com as cores primárias e brincaram muito”, explicou.

Para a Secretária de Educação de Chapecó, Sandra Maria Galera, as brincadeiras trazem muito conhecimento às crianças. “É através de brincadeiras como essas que as crianças aprendem, interagem, constroem sentimentos e emoções que lhes permitem assimilar e compreender o mundo, o outro e ela mesma”, finalizou.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar