Por: Quirino Ribeiro
Visualizações: 856
Reprodução da coluna publicada no Jornal Sul Brasil de Chapecó

JUVENTUDE E DROGAS

Geral - 22/06/2017

Os jovens começam a ser cativados a ganhar dinheiro fácil no caminho das drogas. E são presas fáceis. Muitos não estudam ou, se estudam, não tem alternativa senão, perambular pelas ruas e brincar.

ESSES JOVENS
Devem ser encaminhados às indústrias ou ao comércio para um estágio. Será uma contribuição para eles terem uma profissão, aprenderem sobre seu futuro e, além disso, ganharem dinheiro. Esse estágio deve começar já aos 14 anos. Há aqueles que dizem que o trabalho nessa idade seria "escravo".

NÃO É BEM ASSIM:
Há milhões de jovens que desde os oito ou nove anos já começam a ajudar na casa, e mesmo fora dela. E este que vos escreve começou a trabalhar nessa tenra idade, nunca foi "escravo", tendo perfeita saúde desde então e continua a trabalhar mesmo com 70 anos.

ACREDITO SER ESSA A IDADE PROPÍCIA
Para encaminhar esses jovens a essas tarefas. Caso contrário, o Brasil será um país de multidões de jovens enclausurados, sendo sustentados pelo governo e por nós. Pobre Brasil, pois este é o retrato do País neste momento.

MAIS AINDA
Multidões de jovens sem estímulo, perambulando pelas ruas à procura de algumas moedas da caridade pública, sem trabalho e sem esperança. Além das drogas, eles enveredam a procura de armas, ou alugam-nas para outras atividades criminosas. Assim, estamos sem rumo e sem esperança, vivemos num sobressalto.

O GOVERNO
Há anos lançou uma campanha para acabar com as armas. Até hoje não se sabe se alguns desses nossos irmãos brasileiros teriam conseguido se defender com suas armas. Há casos ainda em que cidadãos escondiam suas armas, mas as crianças as achavam e acabavam mortas pela curiosidade.

SÃO PROJETOS DIFÍCEIS
Mas que devem de alguma maneira ser propostos, caso contrário, seremos reféns dessa multidão de bandidos fortemente armados, como vemos diariamente pela TV e pelos jornais. Temos medo de sair às ruas e não chegar em casa são e salvos.

A VIOLÊNCIA
Em todos os aspectos, para a sociedade é ruim e só trás prejuízos e pontos negativos no que diz respeito à imagem de tal localidade ou região. Sabemos que pobreza não é significado de violência, mas infelizmente são nestes locais que ocorrem muitos casos de violência de filhos contra os pais por exemplo. Também sabemos que mesmo os filhos de pais ricos, ou de classe média, sem motivo aparente para serem violentos, também o são.

FALAR SOBRE VIOLÊNCIA
Principalmente na juventude, parece fácil mais não é pelo menos é o que eu acho. Os jovens de hoje em dia são extremamente violentos e perigosos, muitos não tem perspectiva de vida e já nascem em lares onde os pais são traficantes e as mães prostitutas e têm outra visão do que é certo e errado. Apesar de que muitos dos casos violência de jovens em que vemos na TV quase todos os dias são de jovens, filhos de rico ou de classe média que aparentemente não precisariam ser tão agressivos. Só a educação é solução para este grave problema.

Se a juventude é o futuro do Brasil, temos que educá-los desde cedo, para que amanhã o Brasil não seja um país violento.

Mais posts do autor
Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
este post

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Opiniões expressas nos blogs e colunas por meio de suas publicações são de exclusiva responsabilidade do autor, não passam por qualquer controle de edição, editoração ou conteúdo e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.

Blogueiros & Colunistas

Voltar