Por: Badá
Visualizações: 683
Reprodução da coluna publicada no Jornal Sul Brasil de Chapecó

A rodada

Esportes - 16/10/2014

***Enquanto o time do Atlético Mineiro teve um confronto desgastante na noite de ontem pela Copa do Brasil contra o Corinthians a Chapecoense está tendo a semana inteira para descansar e se preparar para o difícil compromisso do próximo sábado às 21 horas na Arena Independência em Belo Horizonte.

***Claro que isso não pode ser levado muito em consideração pela qualidade do time do Atlético Mineiro, mas que é bem melhor ficar a semana toda descansando e se preparando não se tem dúvida e quem sabe isso pode se tornar um aspecto positivo para a Chapecoense.

***Independente disso o time da Chapecoense tem que estar consciente de que mais uma vez vai ter que fazer um jogo quase perfeito para segurar o Atlético Mineiro dentro da Arena Independência. Não é a toa que eles usam aquela frase: Caiu no horto tá morto.

***O que nos faz aumentar a esperança é que sob o comando do técnico Jorginho a Chapecoense tem tido uma postura de time de Série A como tem que ser mesmo jogando contra estes grandes clubes e fora de casa.

***Exemplo disso foram os jogos contra o Corinthians no empate em 1x1 e mesmo contra o Grêmio na derrota por 1x0. Nestas duas partidas ficou claro que se tivesse caprichado um pouco mais poderia ter conquistado resultados melhores.

***O que destoou até agora fora de casa foi àquela derrota para o Palmeiras por 4x2 cujo resultado também poderia ter sido melhor. Mas aquela foi à pior atuação até aqui do time sob o comando do técnico Jorginho.

***Apesar da melhora que teve é importante não confundir confiança com salto alto e achar que o time está com condições de jogar de igual pra igual contra qualquer adversário principalmente fora de casa que não é bem assim.

***A Chapecoense é um time que ainda precisa ralar muito para se manter na Série A e encarar todos os dez jogos que restam como se fossem finais de Copa do Mundo.

***É o tal de jogar a morrer. Se entrar querendo fazer jogo comum daí é pra já que volta a perder e se aproximar de novo e perigosamente da zona de rebaixamento.

BOLA CHEIA: É muito importante a presença do auxiliar técnico Anderson Lima na comissão técnica da Chapecoense ao lado do técnico Jorginho. Aprendemos a respeitá-lo como jogador quando encerrou a carreira aqui em 2009 e neste seu retorno ao clube não está sendo diferente. Todo mundo respeita ele e tem futuro na carreira. Logo ali na frente poderá se tornar um grande treinador e merece.

BOLA MURCHA: Francisco Carlos do Nascimento, o Chicão de Alagoas vai ser o árbitro de Atlético Mineiro e Chapecoense sábado em Belo Horizonte. Esse é complicado. É o mesmo que apitou a única derrota da Chapecoense em casa para o Figueirense por 1x0. Não tenho muita confiança nesse árbitro, mas tomara que esteja enganado e que ele faça uma grande arbitragem, mas é um perigo esse menino no apito.

Mais posts do autor
Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
este post

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Opiniões expressas nos blogs e colunas por meio de suas publicações são de exclusiva responsabilidade do autor, não passam por qualquer controle de edição, editoração ou conteúdo e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Chapecó.

Blogueiros & Colunistas

Voltar